4 anos desde que meu mundo mudou

sexta-feira, 3 de julho de 2015



Hoje é o meu aniversário espiritual. Faz 4 anos que meu amado Guru deu a mim o nome de Hladini Shakti Devi Dasi, a serva na energia interna, o amor puro de Deus mesmo. Um nome que sempre me faz lembrar o verdadeiro propósito da vida: desenvolver amor por Deus. Algo difícil, não?

As Escrituras Sagradas ensinam e explicam que é muito difícil de se obter um corpo humano, que se levam muitas vidas até se obter um. A única coisa que nos difere de nossos irmãos animais, plantas e outros seres, é que temos a possibilidade de nos desenvolvermos espiritualmente, dessa forma, se não utilizarmos dessa nobre capacidade neste corpo humano, querendo apenas desfrutar das coisas e dos demais acreditando que a vida deve ser vivida sem pensar nas consequências, satisfazendo apenas o próprio ego e na verdade se tornando cada vez mais escravo deste, pois quanto mais se desfruta mais se quer desfrutar, e assim vamos nos enforcando e enredando no samsara, o ciclo de nascimentos e mortes, pensando que os sentidos servem para serem sentidos, e não controlados... Se vivermos dessa maneira, nunca encontraremos a verdadeira felicidade e jamais estaremos completamente satisfeitos, sempre haverá um buraco dentro de si gritando por um preenchimento que nenhum desfrute sensorial poderá proporcionar.

Amar verdadeiramente nunca se espera um retorno ou que o outro deva agir de forma recíproca, esperando sempre algo em troca por suas belas atitudes. Amor mesmo é incondicional, não tem ego, não tem eu. Tem o outro. Tem Deus.

Meu Guru me ensinou que a verdadeira felicidade está em fazer felizes aos demais. Com certeza estou longe de agir assim, pensando apenas em ajudar aos demais sem precisar alimentar meu ego. Mas no fundo eu desejo ter a realização disto dentro de mim em algum momento, deixar de querer sustentar meu ego para ajudar aos meus irmãos a entenderem que a vida é muito mais.

Um mestre espiritual é aquele que nos ensina e inspira com o próprio exemplo, que nos lidera porque queremos ser liderados por uma alma possuidora de tamanha potência espiritual. Meu Guru roubou meu coração, mas meu ego ainda me impede de me entregar. Ele tem tanto amor dentro de si que consegue dar a tantos sem faltar a ninguém. Afinal, isso é o amor mesmo, algo que se tem para dar e quem recebe quer que os outros também o tenham. 

Então aproveito para convidá-los para conhecer esta alma iluminada que chega na próxima semana, domingo, dia 12 de julho de 2015 no Centro Cultural Vrinda da Aclimação, São Paulo.


0 comentários:

Postar um comentário