Quando Te amarei

sexta-feira, 27 de junho de 2014



QUANDO TE AMAREI

Por Srila Atulananda Acarya



Quando Te amarei? Quando Te quererei?
Quando Te servirei, meu Senhor? 

Quando será um lótus puro meu coração?
Quando virás na noite
A roubar-me, zeloso, o sono?

Quando me terás de dia
Consagrado a Ti com tudo?

Quando gravarás Tua recordação
Na rocha de meu coração?

Quando Te verei? Quando Te ouvirei?
Quando Te saberei dentro de mim?

Quando tirarás esta cortina de ilusão
E Te apoderarás do que é Teu, meu Senhor?

Se me criaste para Ti
Não Te escondas, por favor,
Pois não se pode prescindir
De Teu generoso amor

Quando Te terei? Quando Te amarei?
Quando poderei saber que Te dei um prazer?

Quando não verei nem lua nem sol
E só perceberei Tua presença, meu Senhor?

Quando me terás e serei Teu “das”
Um brinquedo de Tua vontade?

Quando me chamarás
De Tua bela pastagem
E poderei Te servir?

0 comentários:

Postar um comentário